Venda de Cão de Guarda Em Valinhos SP - WalkerDog

Pastor Alemão, Pastor Belga Malinois e Rottweiler

Venda de Cães de Guarda Em Valinhos Sao Paulo- WalkerDog

Título: Centro Canino WalkerDog - Venda de Cão de Guarda
Criado em 25/05/2017 - Publicado em - Atualizado em 28/07/2021
Centro Canino WalkerDog
Centro Canino WalkerDog


Venda de Filhotes de Cães centro canino walkerdog Está querendo comprar um cão de guarda e mora em Valinhos SP? Conheça os cães de guarda adestrados do Centro Canino Walker Dog.

O Centro Canino WalkerDog cria para venda Pastor Alemão, Pastor Belga Malinois, Rottweiler, Doberman e Buldog Campeiro.

Nossos cães são selecionados para trabalho de faro e proteção, excelentes amigos da família, confiáveis com as crianças, mas protetores contra invasores, possuem adestramento, campo e pista de esporte para se exercitar e controlar energia, são criados junto de nossas crianças com total confiança, vacinas importadas e ração premium. Filhotes só são vendidos com atestado de saúde por veterinário. Com a crescente violência, o despreparo da segurança pública e privada, estamos cada vez mais desprotegidos.

Cães são auxilios indispensáveis na segurança, não temendo arma de fogo, não aceitando suborno e treinado são poderosos guardiões contra invasores. Veja como um cão pode proteger sua família

curso adestramento

SHAPE DOG O PRIMEIRO ”SUPER-SUPLEMENTO CANINO AMERICANO” AGORA NO BRASIL!

SHAPE DOG PROMOVE MAIS SAÚDE! INDICADO PARA TODAS AS RAÇAS E TAMANHOS DE CÃES ACIMA DE 60 DIAS DE VIDA!

SHAPE DOG PELO & DERME, PELOS DO SEU CÃO BRILHANDO COMO DIAMANTE!

SHAPE DOG PREMIUM MAX + PELO & DERME, MELHORA O HUMOR E A DISPOSIÇÃO DO SEU CACHORRO!

SHAPE DOG PREMIUM MAX, FORTALECE A MUSCULATURA PROPORCIONANDO UMA VIDA LONGA E PROSPERA PARA SEU CÃO!

SHAPE DOG PELO & DERME, ATUA NA PREVENÇÃO DE PROBLEMAS DE PELE DO SEU CACHORRO!

SHAPE DOG PREMIUM MAX, COCÔ DO SEU CÃO MOLE E FEDIDO NUNCA MAIS!

shapedog nutrição canina

Venda de Cão de Guarda ou Proteção da Raça Pastor Alemão em Valinhos SP

Está querendo comprar um cão de guarda da raça Pastor Alemão e mora em Valinhos SP? Conheça os filhoes de raça do Centro Canino Walker Dog.

O Centro Canino WalkerDog vende cães de proteção da raça Pastor Alemão. Caso tenha interesse em comprar um filhote de Pastor Alemão entre em contato conosco.

O Pastor Alemão Capa Preta é um dos cães mais inteligentes e é muito dedicado à sua missão. É uma raça muito versátil, devotado, leal e fiel aos donos. Convive muito bem com outros animais domésticos.

Eles são cães calmos e ficam ainda mais quando adultos. Não é um cachorro medroso, adora receber carinho e elogios da família. É um cão vigilante e alerta e pode ser um pouco reservado com estranhos. Caso não deseja tê-lo pra guarda, acostume-o desde cedo à presença de visitas e pessoas que ele não conheça.

O pasto alemão é um cão muito atento e tem um olfato invejável, por isso é muito usado pela polícia, sendo até chamado de “cão policial”. Na polícia ele é usado para ataque, rastrear drogas, buscar corpos em escombros e localizar pessoas desaparecidas.

O Pastor Alemão tem mais o perfil de defesa do que de ataque. Não deve ser criado pra atacar, pois pode se tornar muito violento. É uma raça que se dá bem com crianças e idosos, são pacientes e tranquilos.

Adestramento de Pastor Alemão: Pastor-alemão ou cão-lobo-da-alsácia é uma raça canina proveniente da Alemanha. Em sua origem era utilizado como cão de pastoreio de rebanhos. Atualmente é mais utilizado como cão de guarda e companhia.

Venda de Cão de Guarda ou Proteção da Raça Pastor Belga Malinois em Valinhos SP

Está querendo comprar um de cão de guarda de raça Pastor Belga Malinois e mora em Valinhos SP? Conheça os filhoes de raça do Centro Canino Walker Dog.

Sempre alerta e em movimento, o Pastor Belga é bastante brincalhão, vigilante e protetor além de ser um cachorro muito forte. Ele pode ser indiferente com estranhos e alguns podem ser bravos e até avançar. Esta raça é inteligente e dócil mas independente. Ele é o protetor de sua casa e família. O pastor belga milanois é a raça mais utilizada pela polícia norte americana.

O Pastor Belga precisa de exercitar bastante, o que pode ser uma corrida longa ou um uma seção longa e cansativa de brincadeiras como correr atrás de uma bolinha. Ele precisa de espaço para se movimentar durante o dia e faz melhor e por isso será ótimo se tive um quintal grande. É necessário levar para escovar e pentear seus pelos duas vezes por semana. Sua pelagem dupla precisa escovar e pentear duas vezes por semana.

Adestramento de Pastor Belga Malinois: Pastor-belga Malinois é uma das quatro variedades da raça Pastor-Belga, originária da Bélgica. De pelagem curta, de cor fulvo-encarvoada, é nativo da região de Malinas e tido como um dos mais comuns entre os pastores belgas

Venda de Cão de Guarda ou Proteção da Raça Rottweiler em Valinhos SP

Está querendo comprar um cão de guarda da raça Rottweiler e mora em Valinhos SP? Conheça os filhoes de raça do Centro Canino Walker Dog.

O Centro Canino WalkerDog vende cães de proteção da raça Rottweiler. Caso tenha interesse em comprar um filhote de Rottweiler entre em contato conosco.

O Rottweiler é um cão amável e divertido, mas ao mesmo tempo ele é muito poderoso. Um adestramento de obediência de rottweiller adequado desde filhote e a socialização são extremamente necessários. Essa raça pode ser muito territorial e protetora de sua família e casa. Rottweilers podem ser bem intimidadores e ainda carregam a fama de serem bravos, mas eles são ótimos para famílias e podem ser muito dóceis também.

O Rottweiler tem um pêlo curto e brilhante, de fácil manutenção. Escovar regulamente para tirar o excesso de pelos mortos é suficiente para mantê-lo bonito. Dar banho com muita frequencia vai tirar a oleosidade natural de sua pele, causando sérios problemas dermatológicos.

Rottweilers adoram aprender e serão excelentes se tiverem oportunidade. Treino de obediência é essencial, já que essa raça pode se tornar bem destrutiva se não for estimulada. É preciso uma pessoa forte, firme e dominante quando for treinar esse cão poderoso. O Rottweiler é extremamente inteligente para adestramento e se sai muito bem em diferentes esportes, mas também pode ser teimoso. Ocupam o 9º lugar no ranking de inteligência canina.

Adestramento de Rottweiler: Rottweiler é uma raça canina desenvolvida na Alemanha. Cão criado por açougueiros da região de Rottweil para o trabalho com o gado, logo tornou-se um eficiente animal de guarda e pastoreio, além de ser útil na tração.

Dados para contato e localização

Adestramento de Cães em Valinhos Sao Paulo
Cidade: Valinhos
Estado - País: Sao Paulo - BRA
Telefone: 55 (51) 9 97613537 (vivo) e (51) 9 91519690 (claro)
Email : alexsandro0113@hotmail.com
Url:

Vídeos de Venda de Cão de Guarda ou Proteção do Centro Canino WalkerDog

Vídeo 04 WalkerDOG Cão salvando o dono de perigo

Sequestro com refém termina mau. Cães e homens juntos!

centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães de Raça centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães de Pastor Alemão 01 centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães de Pastor Alemão 02 centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães de Pastor Alemão 03 centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães de Rotweiller 01 centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães de Rotweiller 02 centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães de Rotweiller 03 centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães de Rotweiller 04 centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães de Pastor Belga Malinois 01 centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães dePastor Belga Malinois 02 centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães de Pastor Belga Malinois 03 centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães de Pastor Belga Malinois Com 03 Meses a centro canino walker dog - Venda de Filhotes de Cães de Pastor Belga Malinois Com 03 Meses b

O Centro Canino WalkerDog Vende de Filhotes de Cães de Raça para moradores de diversos municípios

Dados de Valinhos - SP
Area em km2= 148
Populacao = 106793
PIB Per Capta = R$ 0

HISTORIA
O primeiro marco na história de Valinhos registra a concessão de uma sesmaria a Alexandre Simões Vieira no dia 2 de dezembro de 1732, que foi outorgada pelo presidente de São Paulo, Antônio Luís de Távora, o conde de Sarzedas. Conta a história que Alexandre Simões Vieira abriu um caminho novo de Jundiaí aos Goiases, tendo como paragem um ribeirão chamado Pinheiros.[9] Este trajeto novo tinha por objetivo substituir o então caminho da Vila de Jundiaí até a paragem chamada Campinas do Mato Grosso, por este ser ruim e muito longo. Até então, o caminho era conhecido como Estrada de Goiás e passou a ser bastante utilizado a partir de 1722, com a descoberta de ouro em Goiás. O Pouso de Pinheiros, pelos registros históricos, foi o primeiro marco oficial de uma área dentro do atual município de Valinhos e teve existência quase centenária. Segundo o professor Mário Pires, em seu livro “Valinhos: Tempo e Espaço”, a localização deste Pouso provavelmente é o atual bairro Capuava, o qual o historiador considera a “célula mater” de Valinhos.[9] No período em que a sesmaria foi outorgada, Campinas ainda era chamada de bairro de Mato Grosso das Campinas, pertencente ao município de Jundiaí. No ano de 1741, Francisco Barreto Leme, juntamente com sua família, fixou-se na região e deu início a um povoado. Em 1774, o então bairro de Jundiaí foi elevado à categoria de Distrito e, em 16 de novembro de 1797, Campinas tornou-se município.[9] A partir daí, não se sabe precisar quando foi fundada a vila de Valinhos. Porém, na área onde está localizado o município hoje, já naquele período se constatava o desenvolvimento através de grandes fazendas. A fazenda Dois Córregos, hoje bairro Dois Córregos, pertenceu ao brigadeiro Luís António de Sousa Queirós, tido como o homem mais rico da capitania, que chegou a possuir, só em Campinas, dezesseis engenhos de açúcar, e ainda pertenceu a Joaquim Policarpo Aranha, barão de Itapura, também abastado fazendeiro em Campinas.[10] Outro evento importante foi a epidemia de febre amarela que arrasou Campinas no ano de 1889. Segundo cálculos feitos àquela época, a população de Campinas, que era de vinte mil pessoas, foi reduzida a quatro mil. Não que a maioria tenha morrido, mas sim que muitos, com medo da doença, fugiram da cidade[11][12]. No dia 31 de abril daquele ano, a então Valinhos foi palco de uma importante reunião da Câmara Municipal de Campinas, que cobrou do governo Provincial a convocação da Assembleia Legislativa para que a mesma, em sessão extraordinária, tomasse providências sobre o saneamento da cidade visando evitar novas epidemias[13]. Embora não tenha sido atingida pela epidemia em 1889, Valinhos não escaparia da febre amarela. No ano seguinte, uma nova epidemia, dessa vez em menor proporção, atingiu Campinas e alcançou Valinhos, Rebouças (hoje Sumaré), Santa Bárbara e Boa Vista, entre outras[13]. Em função da epidemia da febre amarela de 1889, a Sexta Secção Eleitoral de Campinas foi transferida para Valinhos, onde muitos dos campineiros buscaram refúgio, desenhando o futuro distrito. No ano de 1893, o Diário Oficial do estado do dia 1º de setembro publicou, em sua página 7840, dentro do Expediente da Secretaria dos Negócios da Justiça, ato de criação do “Distrito Policial de Valinhos”.[9] O tráfego ferroviário pela Companhia Paulista de Estradas de Ferro de Jundiaí a Valinhos teve início em 28 de março de 1872. Com a precariedade das estradas, as cargas sendo transportadas no lombo de mulas e burros, os trens passaram a ter grande importância, servindo inicialmente para o transporte das sacas de café em grãos, com destino ao Porto de Santos.[9] Conforme relato do historiador Benedito Otávio, em 1907, ao inaugurar-se a a Cia. Paulista, o tráfego ainda era pequeno na Vila de Valinhos, crescendo após a lei de 13 de maio de 1888, que extinguiu a escravidão. Com a abolição, havia falta de mão de obra e os primeiros imigrantes italianos começaram a chegar em 1888, dando um novo impulso à agricultura.[9] As inúmeras fazendas cafeeiras, que proliferavam em toda a região, motivaram a construção da ferrovia. Em 28 de maio de 1896, a pequena, mas próspera vila de Valinhos foi elevada à categoria de Distrito de Paz, que utilizava as mesmas divisas do Distrito Policial, criado em 1893, para definir os limites do novo distrito.[9] No dia 30 de dezembro de 1953, o governo do estado promulga a lei 2456, criando o município de Valinhos. A primeira eleição acontece no dia 3 de outubro de 1954, sendo eleito Jerônymo Alves Corrêa o primeiro prefeito, com 1832 votos. O município é oficialmente instalado no dia 1 de janeiro de 1955, quando tomam posse o prefeito e os 13 vereadores.[14]
ECONOMIA
Algumas informacões sobre a economia e população da cidade. A cidade de Valinhos localizada no estado de Sao Paulo tem uma área de 148.1 de quilometros quadrados. A população total de Valinhos é de 106793 pessoas, sendo 52676 homens e 54117 mulheres. A população na área urbana de Valinhos SP é de 101626pessoas, já a população da árae rual é de 5167 pessoas. A Densidade demográfica de Valinhos SP é de 721.02. A densidade demegráfica é a medida expressada pela relação entre a população e a superfície do território, geralmente aplicada a seres humanos, mas também em outros seres vivos (comumente, animais). É geralmente expressada em habitantes por quilômetro quadrado. Veja mais no link a seguir Densidade Demográfica Wikipedia. Outra informação que temos sobre a população de Valinhos SP é que 18.86% tem entre 0 e 14 anos de idade; 73% tem entre 15 e 64 anos de idade; e 8.14% tem acima de 64 anos de idade. Conforme os dados, a maior população da cidade de Valinhos localizada no estado de Sao Paulo são as pessoas de 15 a 64 anos de idade, ou seja, existem mais adultos no município. Em termos de ecnomia isso é bom pois tem mais pessoas trabalhando e gerando riqueza para o país. Rua comercial no centro de Valinhos O Produto Interno Bruto (PIB) de Valinhos era de 5.338.649,51 (em mil reais) e o PIB per capita de 46.319,12 (em reais), em 2014, segundo dados da Fundação SEADE. Na composição da participação no total do Valor Adicionado do município, os Serviços tinham 67,60%, a Indústria, 31,58%, e a Agropecuária, 0,83%[20]. Indústria[editar | editar código-fonte] Unilever Valinhos, vista a partir da Avenida Gessy Lever Valinhos possui importantes indústrias, como Eaton, Rigesa e Unilever (que até 2001 era denominada de Gessy Lever), cuja unidade na cidade decorreu da aquisição, em 1960, da valinhense Gessy pelos irmãos Lever. O nome da empresa do sapateiro veneziano José Milani tem origem no sabonete Gessy, que chegou ao mercado em 1913 e fez grande sucesso, passando depois a batizar toda uma linha de produtos de higiene pessoal e, em 1932, a própria fábrica transformada em Sociedade Anônima[21]. Dada a importância da indústria para a cidade, Valinhos possui uma avenida denominada Gessy Lever. Turismo[editar | editar código-fonte] Estátua de Cristo localizada em um morro na Fonte Sônia O município de Valinhos persegue sua vocação turística desde a década de 1920, quando o então prefeito de Campinas, Orozimbo Maia se torna proprietário da Fazenda Cachoeira e, em 12 de julho de 1921, inaugura a Fazenda Hotel Fonte Sônia. Comprovando as propriedades benéficas da água da fonte para os males dos rins, bexiga e outros órgãos e visando desfrutar financeiramente da descoberta, Maia transforma metade da casa da fazenda em hotel e dá início à produção comercial do líquido. A Fonte Sônia também ficou famosa pela produção de doces como figada e a goiabada e por suas belezas naturais, como as cascatas e matas nativas[22]. Em 2013 ela foi fechada para visitação e entre 2015 e 2016 foi objeto de um projeto imobiliário[23][24]. Em vários momentos da história a imprensa valinhense levantou a questão da vocação do município para o turismo, sendo que o primeiro jornal de Valinhos, editado no ano de 1939 por Gedeão Menegaldo, trouxe um artigo com o título “Valinhos enquanto estância termoclimática”, que falou mais diretamente sobre esta vocação. No âmbito institucional, em 1996, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) concedeu a Valinhos o Selo de Cidade com Potencial Turístico[22]. No final da década de 1990, produtores de frutas de Valinhos descobriram uma nova fonte de renda: o agroturismo. Ele é realizado na região dos bairros da Reforma Agrária, Macuco e Capivari e visa explorar o potencial turístico das mais de 400 chácaras produtoras de uma grande diversidade de frutas, além de valorizar o trabalho do homem do campo[7]. Tal iniciativa está relacionada com a criação do Circuito das Frutas, que abrange os municípios de Atibaia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba, Valinhos e Vinhedo[25][26].
TURISMO
O município de Valinhos é o sétimo mais populoso da Região Metropolitana de Campinas, atrás de Campinas, Sumaré, Indaiatuba, Americana, Hortolândia e Santa Bárbara d'Oeste[27]. Sua densidade demográfica é de 718,70 hab/km². Entre 2000 e 2010, a população de Valinhos cresceu a uma taxa média anual de 2,56% e a taxa de urbanização do município passou de 94,62% para 95,16%. No mesmo período, a taxa de envelhecimento da população aumentou de 6,49% para 8,14%.[28] A renda per capita média mais do que dobrou nas últimas duas décadas, passando de R$745,83, em 1991, para R$ 1.115,34, em 2000, e para R$ 1.570,91, em 2010. Isso equivale a uma taxa média anual de crescimento de 4%. A proporção de pessoas pobres, passou de 5,76%, em 1991, para 3,88%, em 2000, e para 1,17%, em 2010, evidenciando uma tendência decrescente.[28] Em 2010, a taxa de atividade da população economicamente ativa era de 71,93%. Dessas pessoas, 43,10% trabalhavam no setor de serviços, 20,43% na indústria de transformação, 13,31% no comércio, 6,07% no setor de construção, 3,24% no setor agropecuário, 0,75% nos setores de utilidade pública e 0,15% na indústria extrativa.[28] Segundo a Fundação SEADE, com base em dados do Ministério do Trabalho e Emprego, em 2015, o setor de serviços já abrangia 50,51% dos empregos formais no município[20]. A mortalidade infantil em Valinhos era de 12,64% em 2010 e apenas 2,82% das crianças entre 6 e 14 anos estavam fora da escola. Eram vulneráveis à pobreza 5,9% dos moradores. Ainda no que se refere à vulnerabilidade social, em 2010, 96,94% da população residia em domicílios com banheiro e água encanada.[28] Considerando-se a população municipal de 25 anos ou mais de idade, em 2010, 3,72% eram analfabetos, 63,93% tinham o ensino fundamental completo, 48,86% possuíam o ensino médio completo e 21,25%, o superior completo.[28] Religião[editar | editar código-fonte] De acordo com o Censo de 2010 do IBGE, 66% da população residente de Valinhos se declarou católica, 21,07% se declarou evangélica, 3,46% espírita e 9,47% se declarou de outras religiões ou sem religião.[29] Cristianismo[editar | editar código-fonte] Segundo divisão feita pela Igreja Católica, o município faz parte da Arquidiocese de Campinas. A primeira Matriz de Valinhos foi erguida devido à uma promessa do padre Franciso Manetta pelo término da epidemia de febre amarela que afligiu Campinas em 1889. Foi a proteção recebida pela cidade quando desse episódio que atingiu grande parte da população campineira, o motivo principal da escolha de São Sebastião para ser o seu padroeiro[30].

Venda De Cao De Guarda Em Valentim Gentil Sp

Conheça o Adestramento de Cães em Valinhos SP